1. Viajar com a TravelTailors

As viagens à medida da TravelTailors são preparadas para pessoas apaixonadas por viagens que gostam de descobrir o mundo ao seu ritmo e ao seu gosto, sem grupos nem datas obrigatórios.

A TravelTailors percebeu que muitos viajantes queriam concretizar as suas viagens de sonho de uma forma que ainda não estava a ser atendida em Portugal.

Por isso, a TravelTailors oferece viagens à medida para satisfação das necessidades dos viajantes que procuram um itinerário personalizado e um serviço de acompanhamento permanente, desde a elaboração da proposta até ao final da viagem. A estes viajantes, a TravelTailors garante comodidade, conhecimento e segurança.

Para saber mais, leia por favor a história da TravelTailors.
A TravelTailors é a primeira agência portuguesa especializada em viagens à medida.

Na TravelTailors, gostamos mesmo de pessoas, gostamos mesmo de viajar, trabalhamos com profissionalismo e temos standards elevados. Respeitamos os gostos, preferências e condicionalismos de cada viajante. Trabalhamos para superar expectativas. E estamos sempre disponíveis para conversar, ajudar e resolver problemas. É essa a nossa diferenciação.

Se é viajante e procura viagens feitas à sua medida, nós somos a agência portuguesa mais experiente nesse serviço. Organizamos viagens à medida desde 2010 e somos membros da Direcção da APAVT – Associação Portuguesa das Agências de Viagem e Turismo.

A Equipa TravelTailors é formada por agentes de viagem que são viajantes de longa data, conhecem pessoalmente muitos destinos e já organizaram mais de 2.000 viagens, com uma taxa de satisfação dos seus clientes superior a 95%.

A TravelTailors estabelece uma relação pessoal com cada cliente e rege-se pelos valores de Boas Práticas, Sustentabilidade, Dedicação, Confiabilidade, Empatia, Comunicação Positiva, Coerência e Gratidão.

Se se identifica com estes traços, a TravelTailors é a sua agência de viagens à medida.

Os nossos clientes falam por nós! Devido à nossa diferenciação, mais de 97% dos nossos clientes chegam até nós recomendados por outros clientes. Pode consultar aqui os vários testemunhos: http://www.travel-tailors.com/testemunhos.

E, se quer "ver-nos" e ouvir-nos mesmo antes de nos contactar, sugerimos que espreite estas notícias.
A TravelTailors é gerida por uma equipa experiente (veja por favor o tópico “Por que hei-de viajar com a TravelTailors e não com outra agência?”, que se rege por valores profissionais e éticos rigorosos e conta com o apoio dos melhores parceiros locais nos destinos.

Somos uma agência com sede física em Lisboa, Portugal, que pode visitar e, como pode ver pelas notícias em http://www.travel-tailors.com/newsletters-noticias, existimos mesmo!

A sua segurança é vital para nós e, perante eventual dúvida sobre se a sua viagem poderá trazer-lhe riscos sérios derivados de razões climatéricas, sanitárias, infra-estruturais, políticas ou outras, preferiremos dizer-lho e pedir-lhe que opte por uma alternativa mais segura.

A sua segurança física é ainda garantida pela solidez financeira da nossa empresa. Não temos dívidas ao Estado, à banca nem a fornecedores, pagamos sempre aos nossos parceiros antes de os nossos clientes viajarem e temos, por isso, a impecável reputação necessária para assegurar que receberá sempre o melhor apoio local para onde viajar connosco.

A responsabilidade da TravelTailors enquanto agência organizadora das viagens constantes dos seus programas e emergentes das obrigações assumidas encontra-se garantida por um seguro de responsabilidade civil na companhia de seguros Fidelidade Mundial, no montante de 75.000 Euros e pelo Fundo de Garantia de viagens e Turismo previsto nos termos da legislação em vigor (conforme os pontos 3 e 15 das nossas Condições Gerais).

Para sua segurança adicional, informamos ainda que a TravelTailors é membro da Direcção da APAVT – Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo – e aderente ao Provedor do Cliente das Agências de Viagens e Turismo (conforme o ponto 17 das nossas Condições Gerais).

O Provedor do Cliente das Agências de Viagens e Turismo é uma instituição independente da APAVT, que tem por função principal a defesa e promoção dos direitos e interesses legítimos dos consumidores de serviços das agências de viagens e turismo associadas. O Provedor e a sua equipa de juristas dispõem de uma vasta experiência na resolução de conflitos de consumo e, em particular, naqueles que se referem especificamente às questões relacionadas com as viagens e o turismo. As decisões do Provedor do Cliente das Agências de Viagens e Turismo constituem fundamento, quando necessário, para o accionamento do Fundo de Garantia de Viagens e Turismo, permitindo assim aos clientes serem ressarcidos de eventuais prejuízos decorrentes de incumprimentos. Pode consultar o Provedor do Cliente das Agências de Viagens e Turismo aqui.
A TravelTailors tem a sustentabilidade como valor: preferimos parceiros locais que procuram respeitar e beneficiar as comunidades locais através de iniciativas educacionais, ambientais e culturais. Nalguns casos, o seu dinheiro irá contribuir directamente para estas iniciativas. Temos ainda a preocupação de minimizar o impacto ambiental e social em todas as nossas actividades pessoais e profissionais.
Para ter o nosso aconselhamento personalizado, rápido e eficaz, telefone-nos (+351 21 757 8670), escreva-nos (traveltailors@travel-tailors.com) ou - melhor ainda! - venha ter connosco ou diga-nos como podemos ir ter consigo.

De Atlas na mão, conversando sobre os seus interesses, o que já conhece, o orçamento que tem e a época em que pretende viajar, com certeza encontraremos a sua próxima viagem de sonho!

Se preferir, também pode preencher este formulário.
Sugerimos que espreite os programas disponíveis no nosso website www.travel-tailors.com, elaborados a partir de viagens à medida de clientes que já as realizaram connosco.

Nas nossas newsletters encontra muitas outras sugestões mais “fora-da-caixa”, que poderá consultar aqui: http://www.travel-tailors.com/newsletters-noticias.

Também no nosso Facebook (https://www.facebook.com/TravelTailors-Portugal-118740681575638/?ref=hl) e nos nossos blogues http://www.traveltailors.blogspot.pt/ e http://portugalbytraveltailors.blogspot.pt/ não faltam boas ideias.

Pode ainda ler os testemunhos de outros viajantes, nossos clientes (http://www.travel-tailors.com/testemunhos).

Além destas perguntas frequentes, aconselhamos a leitura da nossa Informação Útil para o Viajante (http://www.travel-tailors.com/informacao-util-viajante).

A TravelTailors faz parte da comunidade online MyGuide sobre lazer, viagens e cultura. Pode consultá-la e colher inspiração aqui.
Estamos completamente disponíveis para adaptar as nossas sugestões aos seus gostos, tempo e orçamento, desde que consideremos que voltará satisfeito(a) da sua viagem. É por isso mesmo que somos TravelTailors!

Poderá querer encurtar ou alongar uma estadia, cortar actividades ou visitas nas quais não tem interesse, adicionar outras que não estejam incluídas, solicitar hotéis específicos...à sua medida.

Se lhe for mais prático, pode preencher este formulário.
Sim. Dê-nos por favor essa indicação quando reservarmos os voos, para vermos quais os voos disponíveis, os horários que encaixam no seu programa e o preço.
Claro que sim! Vamos adicionando novas sugestões no website à medida que os nossos clientes vão realizado viagens para destinos diferentes.

A proposta de um programa é feito depois da nossa análise exaustiva do destino e contando sempre com parceiros locais de confiança. Mesmo que ainda não tenhamos chegado ao país que pretende, pode ainda assim contar connosco, já temos o know-how para preparar a sua viagem com comodidade, conhecimento e segurança. Ademais, nada nos dá mais prazer do que planear viagens (tirando fazê-las, claro está!).
No que quiser, desde que tenha em conta que, para seu conforto e segurança, só trabalhamos com hotéis equivalentes a 3* ou superiores, pelos padrões ocidentais. Caso o seu itinerário inclua acampamento, detalharemos as condições.

Recomendamos alojamentos boutique, com menos quartos, mas mais autenticidade e requinte. Aconselharemos, quando possível, alojamentos que sejam ambientalmente sustentáveis e procurem respeitar e beneficiar as comunidades locais através de iniciativas educacionais, ambientais e culturais.
Como todas as viagens da TravelTailors são preparadas à medida, as preferências dos viajantes e a disponibilidade dos hotéis escolhidos são sempre avaliadas caso-a-caso.

Em qualquer caso, nunca será obrigado(a) a ficar num hotel que não tenha aprovado explicitamente, salvo circunstâncias de força maior no destino (como as devidas a catástrofes naturais ou conflitos). Nestas circunstâncias, a TravelTailors e os seus parceiros locais estarão inteiramente disponíveis para encontrar as melhores alternativas possíveis.
Sim. A TravelTailors garante o serviço de acompanhamento permanente, desde a elaboração da proposta até ao final da viagem.
Regra geral, as viagens que propomos realizam-se com guias profissionais locais, os melhores. Estes guias são conhecedores da sua região e da sua cultura, competentes e de confiança.
São poucos os destinos em que haja guias que falam português, mas, a seu pedido, tentaremos. Nas viagens na América Latina, os guias falam castelhano; nos países francófonos, falam francês e no resto do mundo falam inglês. Caso pretenda guias que falem outra língua que não a originalmente proposta, isso é normalmente possível mediante o pagamento de um suplemento.
Na documentação de viagem que lhe será entregue antes da partida, constam os números de telefone de urgência da TravelTailors, que poderá utilizar a qualquer hora, bem como os do nosso parceiro local, da seguradora e dos alojamentos.

Sempre que possível, deve primeiro procurar resolver a situação através do nosso parceiro local, do hotel ou de outro prestador de serviço, por terem mais possibilidade de agir rapidamente e encontrar a melhor solução.

Caso tal não seja possível ou tenha dúvidas, entre, sem hesitação, em contacto connosco.

2. Inscrições, documentação e pagamentos

É sempre conveniente planear as suas viagens com muita antecedência, de modo a evitar desilusões por falta de disponibilidade de voos ou hotéis, e de forma a conseguir encontrar os voos com as tarifas mais baratas. Recomendamos que o faça pelo menos três a quatro meses antes da data de partida, sobretudo se pretender viajar no mês de Agosto, na passagem de ano ou na época mais alta do país para onde quer viajar.
Quer tenha em mente um programa em concreto de entre as nossas sugestões ou algo à sua medida, pode contactar-nos por telefone (+351 21 757 8670) ou email (traveltailors@travel-tailors.com). Rapidamente receberá a nossa indicação sobre os passos seguintes*.

Para podermos dar a reserva por confirmada, terá que efectuar o pagamento da totalidade dos voos (aplica-se uma taxa de €25 por reserva) e de 25% do programa terra. O restante deverá ser liquidado até 30 dias antes da data de partida, salvo indicação específica em contrário. Poderão ser aplicáveis condições diferentes destas em alguns programas específicos, promoções ou em épocas festivas, por imposição dos prestadores dos serviços. Aconselhamos a consulta das nossas Condições Gerais: http://www.travel-tailors.com/condicoes-gerais.

*Para preparar a sua viagem, iremos solicitar-lhe os seus dados pessoais, contactos e dados relativos à viagem que pretende. Se preferir pode preencher este formulário.
Claro que pode, se for essa a sua preferência! Já muitos(as) viajantes nossos clientes o fizeram e gostaram. Pode ler alguns dos seus testemunhos.
Poderá pagar a sua viagem recorrendo aos seguintes meios de pagamento:

a) Transferência bancária, enviando-nos comprovativo por email para traveltailors@travel-tailors.com,
b) Multibanco,
b) cartão de crédito VISA, MASTERCARD ou AMERICAN EXPRESS.

Aconselhamos a consulta das nossas Condições Gerais.
Depois da reserva estar confirmada e integralmente paga, entregar-lhe-emos a sua documentação de viagem numa data a combinar, a cerca de duas semanas antes da sua viagem. A documentação inclui um booklet com informação prática, descrição detalhada do itinerário, contactos, os vouchers necessários e uma “cábula” de câmbios, se aplicável.
A sua inscrição só será válida mediante o pagamento da totalidade dos voos (aplica-se uma taxa de €25 por reserva) e de 25% do programa terra.

O restante deverá ser liquidado até 30 dias antes da data de partida, salvo indicação específica em contrário. Caso a reserva seja feita a menos de 30 dias da partida, deverá ser paga na totalidade para ser confirmada.

Poderão ser aplicáveis condições diferentes destas em alguns programas específicos, promoções ou em épocas festivas, por imposição dos prestadores dos serviços.
Não necessariamente. Dependerá muito das suas opções de destinos, voos, alojamentos, transportes, visitas e actividades. Por isso é que cada viagem é única e nunca vendemos, até hoje, duas iguais. Até já tem havido casos em que as nossas viagens à medida ficaram mais económicas do que viagens "de pacote" para os mesmos destinos.

A TravelTailors faz questão de ser excelente no serviço – ou seja, se procura comodidade, conhecimento e segurança, quer ter a tranquilidade de ter tudo tratado, com assistência 24h, com parceiros locais testados e irrepreensíveis...então nós somos a sua melhor opção.

Não somos uma agência de viagens barata / low-cost. Somos uma agência de viagens que dá valor aos seus clientes, entregando-lhes um serviço de excelência e ajudando-os a realizar a sua viagem de sonho.

Se deseja beneficiar do know-how da TravelTailors mas tem alguma restrição orçamental, podemos sugerir-lhe um plano de itinerário e de hotéis e prepararmos-lhe um booklet muito completo, com dicas detalhadas de restaurantes e actividades, por um valor justo. Consulte-nos!
Consulte por favor o ponto “8. Desistências” nas nossas Condições Gerais: http://www.travel-tailors.com/condicoes-gerais.

A TravelTailors disponibiliza a venda de seguros que poderão ser adquiridos em função da viagem para garantia de situações de assistência e despesas de cancelamento. As condições destes seguros estão disponíveis no nosso website.
Consulte por favor o ponto “20.6. Seguro” nas nossas Condições Gerais (http://www.travel-tailors.com/condicoes-gerais) e os seguros disponíveis no nosso website.

3. Documentação legal para viajar

Os passageiros portugueses têm de ser portadores de Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão válido. A cédula pessoal não é considerada um documento válido.

Adicionalmente para beneficiar de assistência médica hospitalar em qualquer país da União Europeia (28 Estados-Membros), Islândia, Liechenstein, Noruega e Suíça, os passageiros devem ser portadores do Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD), o qual pode ser obtido em qualquer loja do Cidadão, nos serviços de Segurança Social ou solicitando-o por email à Segurança Social.

Encontrará mais informação aqui.
Os passageiros portugueses devem ser portadores de passaporte válido - a maior parte dos países exige que o passaporte tenha no mínimo 6 meses de validade após a data prevista de regresso. Consulte a embaixada do país de destino.

Alguns países exigem visto de entrada - em alguns casos, esse visto é obtido obrigatoriamente antes da partida; noutros, é obtido à chegada ao país de destino. Consulte as notas importantes do programa da sua viagem e informe-se junto da embaixada do país de destino. Recordamos que a TravelTailors declina qualquer responsabilidade pela recusa de concessão de vistos ao cliente.

Finalmente, existem países onde existem formalidades sanitárias obrigatórias, isto é, poder-lhe-á ser exigido que apresente o boletim da vacina da febre amarela ou outros. Pode consultar esta informação aqui.
Os cidadãos de nacionalidade portuguesa não necessitam de visto para viajar para os Estados Unidos da América, desde que o seu passaporte seja de leitura óptica, o que sucede obrigatoriamente nos passaportes emitidos após 1 de Janeiro de 2001. Adicionalmente, é obrigatório solicitar autorização prévia para a viagem, a qual terá a validade de dois anos e pode ser usada para viagens múltiplas àquele país. Caso a autorização seja negada, terá que solicitar um visto na embaixada dos EUA.

De notar que, nas viagens para os EUA, o cliente dá o seu expresso consentimento para que toda a informação, incluindo dados pessoais, possa ser transmitida a autoridades governamentais para efeitos de controlo e de segurança nas viagens aéreas.

Se viajar connosco, nós tratamos do ESTA por si.

A autorização ESTA é solicitada através deste link.
Quando os menores viajam acompanhados pelos pais, é sempre necessário ser portador dos bilhetes de identidade/cartões do cidadão dos menores, de modo a poder comprovar-se a filiação.

Sempre que os menores não viajem acompanhados por quem exerça o poder paternal, é obrigatório exibir uma autorização para o efeito. Esta autorização deve ser escrita, datada e com a assinatura de quem exerce o poder paternal legalmente certificada, conferindo ainda poderes de acompanhamento por parte de terceiros devidamente identificados. Consulte mais detalhes e faça download da minuta da autorização aqui.
Caso pretenda conduzir no destino, verifique se a sua carta de condução está dentro do prazo de validade e se é reconhecida pelo país que pretende visitar.

Informe-se sobre a legislação local (se necessário, consulte-nos) e cumpra escrupulosamente o Código da Estrada do país onde viaja. Muitos países utilizam mecanismos de aplicação imediata da sanção decorrente da infracção praticada.

Para alguns países, pode ser necessário solicitar a Licença Internacional de Condução, que é apenas válida por um ano (v. abaixo). Deverá ainda levar a sua carta de condução nacional.

Caso vá alugar um carro, algumas empresas de rent-a-car exigem que lhes mostre o cartão de crédito com que fez a reserva (informe-se connosco). As empresas de rent-a-car normalmente exigem que o condutor tenha uma carta de condução completa e válida há pelo menos 1 ano.

Para obter a Licença Internacional de Condução, veja aqui.
Se não for de nacionalidade portuguesa, deverá consultar a sua Embaixada ou Consulado, de modo a identificar quais são os requisitos de entrada no país para o qual pretende viajar.

Deverá informar a TravelTailors da sua nacionalidade aquando da reserva.

Para mais informações, pode ainda contactar o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras pelo telefone +351 21 7115000 ou consultar o respectivo website.

4. Clima

Em cada programa no nosso website, encontrará referência aos meses durante os quais consideramos ser climaticamente mais seguro viajar para o(s) país(es) em questão. Ainda assim, dentro desse período poderá existir uma época particularmente recomendada, atendendo ao clima: por favor pergunte-nos.

Veja ainda esta "cábula" rápida para escolher o seu destino, mês-a-mês: destinos recomendados e destinos a evitar, em cada mês.
Poder, pode sempre. Mas preferimos que não o faça.

Se não colocámos como a indicação desse período do ano, é porque habitualmente as condições climatéricas são de tal forma adversas para a viagem em questão que achamos que não voltará satisfeito(a).

Tal pode acontecer por serem meses de chuva intensa, durante a qual as estradas são muito afectadas, ou porque o frio é tanto que muitos hotéis estão fechados e os serviços de mobilidade e guia muito limitados, ou porque a sua intenção é fazer praia e nesse mês faz um frio de rachar ou chove todo o dia...

Não garantimos que, na época em que recomendamos o programa, o tempo venha a estar esplêndido – mas recomendamo-lo com base no histórico das condições climatéricas no passado e na sabedoria dos nossos parceiros locais, para minimizar o risco.

5. Saúde e segurança

As vacinas aconselhadas dependem da zona para onde pretende viajar. Sempre que pretenda viajar para fora da Europa, deve dirigir-se a uma consulta de saúde do viajante. As consultas de saúde do viajante são efectuadas por médicos especialistas em doenças infecciosas e em medicina tropical (veja por favor essa informação nesta página, no tópico "Onde posso marcar uma consulta de saúde do viajante?").

Se viaja com crianças e idosos, tenha em atenção os cuidados especiais de que necessitam.

As vacinas mais indicadas, em função do destino, são as que protegem contra as seguintes doenças: cólera, difteria, encefalite japonesa, hepatite A, hepatite B, gripe, raiva, tétano e febre tifóide. O Regulamento Sanitário Internacional em vigor estipula que a única vacina que poderá ser exigida aos viajantes na travessia das fronteiras é a vacina contra a febre amarela. Poderá obter mais informação no website da Organização Mundial de Saúde.
• Centro de Vacinação Internacional da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo
Centro de Saúde de Sete Rios
Largo Prof. Arnaldo Sampaio
1549-010 Lisboa
Telefone: 217 211 836
Fax: 217 211 802

Consultas - Com marcação prévia
Horário: terça e quinta-feira - das 9h30 às 13h30.
Vacinação internacional - O utente deve ser portador de prescrição médica das vacinas a efetuar.
Horário: todos os dias úteis, das 9 às 13 horas e das 13h30 às 15h30, por ordem de chegada.
Documentos necessários: Cartão do Cidadão ou Bilhete de Identidade e documento com o n.º do utente, Boletim Individual de Saúde/Vacinas e Certificado Internacional de Vacinações (se já o tiver)

• Instituto de Higiene e Medicina Tropical - R. Junqueira, 96 - Lisboa. Tel: 21 3652600. E-mail: info@ihmt.unl.pt.
Website: http://www.ihmt.unl.pt

• The British Hospital - R. Saraiva Carvalho, 49 - Lisboa. Tel: 21 3955067

• Clínica de Medicina Tropical e do Viajante - Av. Liberdade, 129, 7ºD - Lisboa. Tel: 21 3225622

• Centro de Saúde dos Guindais - R. Arnaldo Gama, 64 - Porto. Tel: 22 2002540

Há ainda centros de vacinação internacional espalhados por todo o país. Consulte contactos e horários de funcionamento aqui.
O denominado "mal de altitude" é um fenómeno que ocorre em algumas pessoas quando se encontram em zonas de elevada altitude, sobretudo acima dos 3000 metros. Decorre do facto de habitualmente se captar oxigénio a uma pressão atmosférica a um nível de altitude mais baixo. Quando se sobe, a pressão é diferente, exigindo mais do nosso organismo.

É necessário um período de adaptação à nova altitude. As consequências de uma má aclimatação acima de determinadas altitudes podem mesmo ser fatais. Os itinerários das viagens que encontra no nosso website e que se realizam a elevadas altitudes foram sempre pensadas com o intuito de minorar a incidência de sintomas de mal de altitude.

Os primeiros sintomas do mal de altitude são dores de cabeça e respiração ofegante, mesmo em pequenos esforços - estes são sintomas normais que quase todos sentem. Se, para além destes, a pessoa sentir náusea, vómitos, ou perda de apetite (início de edema cerebral) ou rápidas batidas cardíacas, tosse violenta ou respiração muito ofegante (início de edema pulmonar), encontra-se numa fase mais avançada da doença, devendo descer rapidamente para uma altitude mais baixa.
Através da prevenção, a qual passa essencialmente por beber bastante mais água do que habitualmente, ainda que não tenha sede, comer refeições ricas em hidratos de carbono para repor energias, caminhar mais lentamente e procurar não fazer movimentos bruscos, dormir bastante, agasalhar-se bem de modo a proteger-se do frio, não consumir álcool, não tomar antibióticos nem comprimidos para dormir.
Caso adoeça durante a sua viagem existem diversas formas de proceder, consoante o local onde se encontra.

Antes de mais, deve accionar o seu seguro de viagem antes de incorrer em despesas (veja por favor essa indicação na documentação de viagem que lhe iremos facultar). Dependendo do seu seguro, este cobre as despesas médicas, farmacêuticas e de hospitalização. Em caso de dúvida, por favor fale connosco.

Caso esteja a viajar na Europa, o Cartão Europeu de Seguro de Doença (de que deverá tratar antes de viajar – iremos lembrar-lhe esta necessidade) assegura-lhe os cuidados médicos e hospitalares em qualquer país da União Europeia, Islândia, Liechtenstein e Suíça.

Fora da União Europeia e particularmente em países em desenvolvimento, se se sentir mal, aconselhamos que pergunte ao nosso parceiro local e/ou ao hotel por um profissional de saúde de confiança. Normalmente os serviços médicos de qualidade, nestes países, têm honorários elevados e são pagos em dinheiro – deverá levar consigo um valor de reserva, em numerário (normalmente USD ou EUR), para alguma eventualidade.

Se por acaso o problema for durante uma das viagens a pé, o grupo é sempre acompanhado por alguém experiente, que saberá o que fazer, avaliar a sua situação e, se necessário, evacuá-lo(a) o mais rapidamente possível.

Pode ainda consultar a lista de médicos, hospitais e clínicas estrangeiros, disponível neste website.
Os acampamentos são quase sempre em locais onde é possível ter acesso a água, como lagos ou rios, dos quais pode usufruir para a sua higiene diária. Caso isso não aconteça, os membros da equipa estão incumbidos de recolher e transportar a água necessária para a sua higiene. Na dúvida, fale por favor connosco antes de viajar.
O ideal será estar em boa forma física. Recomendamos que, alguns meses antes da viagem, comece a “treinar” a sua resistência (andando mais a pé, fazendo mais exercício), para se sentir bem quando for viajar e poder usufruir plenamente da experiência.

Deverá aconselhar-se com o seu médico, para avaliar se o itinerário é adequado ao seu estado. Na eventualidade de o programa de que gosta não ser adequado a si por razões médicas, com gosto proporemos as adaptações necessárias para que possa desfrutar de uma viagem de sonho à medida da sua saúde e conforto.
Aconselhamos que fale com o seu obstetra e que este lhe dê luz verde para viajar.

A maioria das companhias aéreas não impõe quaisquer restrições até às 28 semanas de gravidez. A partir desse período, algumas companhias pedem uma declaração médica a atestar que a gravidez não a impede de viajar de avião e em casos mais complicados (como gravidezes de alto-risco, com mais de 36 semanas, de gémeos; dúvida sobre o tempo de gestação ou data do parto; risco de aborto ou aborto recente) pode mesmo ser preciso autorização prévia por parte da companhia.
Quando se viaja longas distâncias rapidamente, o corpo humano demora algum tempo (normalmente três dias) a ajustar-se ao novo fuso horário.

O jet lag é consequência de viagens aéreas para destinos com um fuso horário superior a três horas. Deve-se ao facto de muitas das funções do corpo humano (como temperatura, ritmo cardíaco e necessidades fisiológicas) serem reguladas por ciclos internos de 24 horas.

Alguns sintomas são fadiga, desorientação, insónia, ansiedade, falta de concentração e perda de apetite, entre outros.

Como minimizar estes efeitos?
• Começar a habituar-se ao fuso horário do seu destino, como comer e dormir consoante esse horário;
• Descansar bastante antes da viagem;
• Para voos muito longos é aconselhado fazer uma escala durante a viagem;
• Beba muita água e evite o álcool;
• No avião, utilize roupas leves, máscara e tampões para os ouvidos para dormir melhor.
O mergulho é uma actividade com alguns riscos, mesmo quando executada por pessoas habilitadas e em óptimo estado de saúde. Entre os problemas mais conhecidos, podemos citar a descompressão brusca, quadro que ocorre quando cuidados básicos não são tomados pelos mergulhadores.

Quanto mais para o fundo, maior a pressão externa exercida pela água e maior a pressão do ar inspirado para chegar aos pulmões. Quando o mergulhador emerge, a pressão cai e o nitrogénio é eliminado de forma lenta. Se a subida for rápida, o excesso desse gás pode formar bolhas na circulação, levando a quadros graves imediatos ou até algum tempo depois.

Assim, após a subida, é necessário um período de observação de pelo menos 24 horas ao nível do mar. Se viajarmos para lugares mais altos logo a seguir, principalmente de avião, essa pressão cai rapidamente, aumentando os riscos da doença descompressiva. Então, lembre-se: pode voar e mergulhar. Mergulhar e voar, não pode.

Outro factor importante a ter em conta quando faz mergulho é o equipamento! Este deve ser adequado para si e para o tipo de mergulho que vai realizar; deve estar em boas condições, de forma a que lhe seja proporcionada a maior segurança.

Entre os diversos equipamentos disponíveis, o mais imprescindível é:
- a mascara de mergulho, que deve estar regulada para si;
- o cilindro de ar comprimido, cuja capacidade e mistura deve ser certificada;
- regulador de pressão, é o mecanismo que ligado ao cilindro de ar lhe permite respirar;
- roupas isolantes, principalmente em águas frias, mas que também o protegem do contacto directo com o que possa encontrar debaixo de água.
A TravelTailors terá muito gosto em aconselhá-lo(a), baseada na sua experiência e na informação actualizada dos seus parceiros no destino.

Aconselhamos a que tenha em conta os avisos emitidos pelo Governo Norte-Americano em http://travel.state.gov/content/passports/en/alertswarnings.html, embora notando que estes são emitidos à menor suspeita, podendo não se aplicar à generalidade das situações ou a cidadãos de outras nacionalidades.

Poderá ainda querer consultar a informação disponibilizada pela Secretaria de Estado das Comunidades no seu website.

6. Voos

O preço dos voos é muito variável consoante as tarifas disponíveis no momento da reserva, a época do ano e as diferentes taxas aplicáveis.

Desta forma, cremos que a informação que lhe damos é mais transparente - assim terá a certeza de que não inflacionamos os preços de forma a cobrir essas eventuais variações.

Adicionalmente, há viajantes que preferem optar por soluções de voo mais económicas ainda que as mesmas impliquem escalas, enquanto outros preferem voar directamente ou só usar determinadas companhias, estando dispostos a pagar um voo mais caro. Há ainda viajantes que podem não pretender sair de ou regressar a Portugal.

A TravelTailors dá resposta às diferentes preferências e trata das suas reservas aéreas, informando-o(a) das opções disponíveis. Em cada programa, encontrará informação sobre o valor indicativo dos voos. Quando pretender reservar, especificaremos o valor preciso dos voos disponíveis, com horários, escalas previstas e companhias aéreas.

O valor dos voos pode variar, mesmo substancialmente, de um momento para o outro e só pode ser garantido com a emissão dos voos, que exige o seu pagamento integral.

Para conseguir a melhor tarifa aérea, aconselhamos que reserve com o máximo de antecedência. Recomendamos no mínimo três a quatro meses antes da partida, sobretudo se se tratar de época alta (em Portugal ou no país de destino).
Uma parte importante do preço do voo corresponde à tarifa, a qual varia consoante a procura: mesmo dentro da classe económica, as companhias aéreas atribuem diferentes classes de reserva com diferentes preços, muito embora o serviço seja rigorosamente o mesmo.

Os primeiros lugares vendidos são-no pelo preço associado à classe mais baixa e, quando esses se esgotam, é aplicado o preço da classe seguinte, e assim sucessivamente.

É por isso fundamental que reserve com o máximo de antecedência para poder usufruir das tarifas mais reduzidas: para alguns destinos, na época alta, as tarifas mais baixas deixam de estar disponíveis com muitos meses de antecedência.

A outra componente do preço do voo são as taxas de combustível (que variam em função do preço dos combustíveis), taxas de segurança e taxas de aeroporto.
Alguns aeroportos optaram por cobrar localmente directamente do passageiro a respectiva taxa de aeroporto, não sendo possível incluí-la no preço do bilhete aéreo. Nestes casos, procuramos dar essa informação no programa de viagem; contudo, poderá haver alterações repentinas de que não tenhamos tido conhecimento.
As companhias aéreas podem ver-se obrigadas a alterar os horários de partida no último momento, pelo que os voos devem ser sempre confirmados até 24 horas antes da partida.

Sempre que os voos tenham sido reservados connosco, a TravelTailors e os seus representantes locais encarregar-se-ão dessa confirmação.

Por dupla segurança, poderá sempre confirmar o horário de partida utilizando o código de reserva escrito no seu bilhete electrónico; deverá telefonar à companhia aérea ou aceder a esta página.
Os passageiros devem ter presentes as actuais regras de segurança relativamente à bagagem de mão, nomeadamente a proibição de transporte de qualquer material considerado perigoso (inclui canivetes, tesourinhas, limas e corta-unhas!), bem como a limitação ao transporte de líquidos (inclui entre outros perfume, cremes, desodorizante, pasta dentífrica, gel...) a embalagens de 100 ml devidamente acondicionadas num saco transparente com 20 cm x 20 cm (ex.: saco congelação), que possa ser aberto e fechado, e com capacidade máxima de 1 litro. Regra geral, a bagagem de mão é limitada a 6 kg e a de porão a 20 kg por passageiro, mas deverá verificar os limites nas condições do seu bilhete.

7. Vales de oferta e listas de casamento

Sim.
Existem duas modalidades de vale de oferta:

a) O vale tem um valor definido por si, dando liberdade máxima na escolha do serviço a contratar. É válido por 1 ano após a sua aquisição. Por exemplo: pode oferecer um vale no valor de 100 euros.

b) O vale tem um serviço pré-definido em que pode ser convertido. O vale menciona o serviço e a validade para usufruir deste, estando sujeito a disponibilidade. A disponibilidade será confirmada quando o presenteado nos contactar para realizar a reserva. Por exemplo: pode oferecer uma estadia de duas noites numa determinada Pousada de Portugal.

Em qualquer dos casos, o pagamento do vale é feito no momento da sua compra e não quando o serviço é utilizado.
Sim.
Basta escolherem a vossa viagem de lua-de-mel e indicar-nos que pretendem colocá-la na vossa lista de casamento. Cada convidado, ao contribuir para a viagem, recebe um cartão alusivo que vos poderá entregar no dia do casamento.

Os noivos receberão regularmente uma lista detalhada com a indicação de quem contribuiu para a viagem e com que montante.